Multitarefa – mais provas de que é prejudicial a produtividade

Esse estudo do Bryan College, dos Estados Unidos, questiona o mito de uma pessoa ser capaz de realizar “multitarefas” seguidas e tem como base as distrações atuais durante o trabalho (seja em que local for), navegar pela internet, ouvir música, pesquisar, escrever e manter-se conectado a redes sociais, tudo ao mesmo tempo. Continue lendo “Multitarefa – mais provas de que é prejudicial a produtividade”