A be.MAV em tempo de pandemia

Em tempo de pandemia e reclusão, ajustamos a relação com nossos clientes e criamos um portal para apoiar o empreendedor sem custos.

A be.MAV é a parte de tecnologia da MAV, apesar de tecnologia ser a sustentação das mudanças provocadas pelo covid-19, grande parte dos nossos clientes hoje estão preocupados em manter o ambiente e ajustar os custos, o que é totalmente correto e nosso mercado ficou “on hold”.

E o que nós o que estamos fazendo?

Bom, todos estamos em home office e continuamos a suportar e contatar nossos clientes, senão para vender, para saber como estão, pois também são nossos amigos.

De efetivo, reduzimos as parcelas mensais dos contratos com nossos clientes e criamos uma plataforma VejAqui de apoio grátis para os empreendedores.

Em um primeiro momento avaliamos o impacto de toda essa mudança, hábitos e quebra de faturamento, bem como aumento do dólar que influencia na nossa plataforma e, após essa análise, chegamos a um desconto na parcela mensal para nossos clientes, afinal todos estamos passando por essa pandemia.

A be.MAV, já há tempos se preocupa com o empreendedor, buscando soluções que podem ajudar a manter, cativar e dar continuidade ao negócio, com produtos e sistemas que representamos e também projetos internos como a Plataforma Especial Você (EV) , disponível a desenvolver projetos em parceria e a um custo avaliado dentro das características de cada empreendedor.

Ou o portal VejAqui que iremos explicar um pouco aqui, por ser algo desenvolvido para esse momento que todos vivemos.

Criamos agora na pandemia para ajudar o pequeno empreendedor sem custo, foi criado com base na experiencia pessoal da nossa equipe na pandemia, que foi a de não conhecer o que o bairro/região onde estamos reclusos tem a nos oferecer.

Considerando isso, decidimos criar esse portal gratuito para que todos pudessem divulgar produtos e serviços, até seguindo o que o SEBRAE prega COMPRE DOS PEQUENOS.

Diariamente o portal é alimentado com mais divulgações, recebemos uma média diária de 3 a 4 novos empreendedores.

Sempre nos fazemos a pergunta: isso ajuda?

Sinceramente, não sabemos responder, mas se no nosso DNA é tecnologia, buscamos ajudar com o que sabemos fazer, investimos na plataforma tecnológica, na equipe que desenvolveu, no cadastro diário de novos empreendedores, na manutenção do portal, talvez essa seja a resposta, sentimos que estamos colaborando para manter empregos e a ajudar pessoas.

Essa é a função social de todas as empresas.

Acesse é conheça: